PFL deve ter candidato próprio se PSDB lançar Alckmin, diz Maia

O prefeito do Rio, Cesar Maia, disse que vai defender a idéia de que o PFL lance candidatura presidencial própria se o PSDB decidir oficializar o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como candidato tucano à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele é aliado de José Serra (PSDB), prefeito de São Paulo e principal adversário do governador.Pré-candidato presidencial do PFL, Maia avalia que "Alckmin perde a eleição por seu perfil regional e por ausência de perfil temático" e por causa "do personagem que encampa".Se a opção do PSDB for a favor do prefeito de São Paulo, José Serra, Maia voltou a dizer que pode abrir mão de sua candidatura pessoal ao Palácio do Planalto. "Já disse que o Serra inviabiliza minha candidatura. Mas se o PSDB decidir lançar Alckmin vou defender que o PFL lance candidatura própria", disse à Agência Estado por e-mail.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.