PFL: deputados restritos à chapa de Inocêncio

A Executiva Nacional do PFL decidiu proibir a participação de deputados pefelistas em qualquer outra chapa que concorra à mesa da Câmara, que não seja aquela encabeçada pelo candidato do partido, Inocêncio Oliveira (PE). Segundo o senador Agrepino Maia (RN), a Executiva deu carta branca a Inocêncio para que monte uma chapa juntamente com os representantes dos partidos que ele julgar conveniente. Com essa decisão, uma eventual derrota de Inocêncio para o candidato do PSDB, Aécio Neves, fará com que o PFL fique fora da Mesa da Câmara, onde hoje o partido possui três cargos.O senador José Jorge (PE), disse que esse risco não assusta o partido. "Não tem problema, pois nós vamos ganhar", disse. Ele argumenta que, na Câmara, o voto é muito individualizado e há um peso menor para os acordos de líderes. Ele lembrou que na primeira eleição de Michel Temer, a vitória foi obtida com apenas um voto de diferença, embora houvesse um acordo de apoio ao peemedebista, que envolvia até a oposição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.