PF realiza operação contra grupo que fraudava licitações em MG e BA

Investigação busca responsáveis por desviarem cerca de R$ 45 milhões entre 2010 e 2016

O Estado de S.Paulo

23 Novembro 2017 | 07h43

SÃO PAULO - A Polícia Federal cumpre treze mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária e 41 mandados de busca e apreensão em cidades de Minas Gerais e Bahia para investigar um grupo que fraudava licitações, segundo a TV Globo

O grupo atuou entre 2010 e 2016 e era formado por políticos, empresários e servidores públicos da cidade. A estimativa é de que os valores fraudados cheguem a R$ 45 milhões. O desvio de recursos públicos ocorria principalmente em contratos de transporte escolar. 

A investigação indica que o grupo usava a verba para financiar campanhas políticas. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.