PF quer ampliar apuração sobre selos

A Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários (Delefaz), da Polícia Federal, pediu ontem à 2ª Vara Federal Criminal de Porto Alegre mais 30 dias para concluir o inquérito que apura denúncia de desvio de selos postais da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. O delegado da Delefaz, Andrei Augusto Passos Rodrigues, solicitou a prorrogação para averiguar se outras pessoas participariam do esquema. Segundo a PF, as investigações confirmam, por enquanto, o envolvimento de um servidor da Assembléia e de um responsável pela distribuição dos selos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.