PF prende receptador de cartões do Bolsa Família no AP

Foi preso em flagrante na sexta-feira um jovem de 19 anos acusado de ser receptador de benefícios sociais dos programas Bolsa Família e PróJovem na cidade de Macapá, no Amapá. Em dois anos, o suspeito, que trabalhou inicialmente como estagiário e em seguida como empregado terceirizado na Caixa Econômica Federal (CEF) na cidade, desviou os cartões e sacou os benefícios destinados às famílias e jovens carentes. De acordo com a Polícia Federal (PF), com ele foram apreendidos 70 cartões.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

07 de dezembro de 2009 | 12h14

Somando os pequenos valores de centenas de benefícios desviados, o rapaz passou a adquirir bens e a ostentar um padrão de consumo muito superior à renda recebida no seu salário, segundo a PF. Durante as investigações, os agentes conseguiram reunir elementos de prova suficientes para obter um mandado de busca e apreensão e uma ordem de sequestro do automóvel adquirido com o dinheiro do crime. O jovem foi preso em sua residência.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeBolsa FamíliaprisãoAP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.