PF prende quarto suspeito pela fraude no Banrisul

Davi Antunes de Oliveira é suspeito de desviar R$ 10 milhões do banco

Elder Ogliari, correspondente RS, Estado de S. Paulo

04 de setembro de 2010 | 12h42

PORTO ALEGRE - A Polícia Federal prendeu Davi Antunes de Oliveira como suspeito de participação em supostos desvios de R$ 10 milhões do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) na noite de sexta-feira, cumprindo mandado expedido pela Justiça.

 

Essa é a quarta prisão ligada ao caso. As outras três, de um funcionário do banco e de dois funcionários de agências de publicidade, foram feitas na quinta-feira. A investigação da Polícia Federal, Ministério Público Estadual e Ministério Público de Contas indicou que ações de marketing feitas por agências com subcontratação de prestadores de serviços eram superfaturadas e prejudicavam o banco.

 

Segundo a Polícia Federal, Oliveira agiria como intermediário entre participantes do esquema. Neste sábado, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul anunciou que também vai entrar na investigação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.