PF prende Bispo Rodrigues e dono da Planam

A Polícia Federal montou um esquema de plantão no fim de semana, com homens da inteligência e do núcleo que atuou na Operação Sanguessuga, para captura de 13 dos 44 acusados de integrarem a máfia das ambulâncias que continuam foragidos. Estão sendo procurados também seis outros integrantes da quadrilha não apanhados durante a operação, há duas semanas.Entre os foragidos encontra-se o ex-deputado Ronivon Santiago, que pode estar escondido no interior de Rondônia ou até ter deixado o País pela fronteira daquele Estado. Entre os 31 recapturados até esta noite está o ex-deputado Bispo Carlos Rodrigues, a ex-assessora do Ministério da Saúde, Maria da Penha Lino e o empresário Darci Vedoin, dono da empresa Planam, que funcionava como uma central das fraudes.Os 44 haviam sido libertados na terça-feira, em decisão polêmica do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, com sede em Brasília, revogada no mesmo dia pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Eles respondem a inquérito por envolvimento no esquema de compra de ambulâncias superfaturadas para municípios, com recursos do orçamento da União, mediante emendas de parlamentares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.