PF prende 48 em ação contra fraude ao INSS no ES

A Polícia Federal do Espírito Santo informou que 48 pessoas já foram presas durante a Operação Auxílio-Sufrágio, que desarticulou esta manhã uma quadrilha de fraudadores de benefícios do INSS. Ainda restam dois dos 50 mandados de prisão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 2º Região. O deputado estadual Wolmar Campostrini (PDT) não foi alvo de mandado de prisão por ter foro privilegiado. Ele teve apenas a casa, o gabinete e uma clínica objetos de mandados de busca e apreensão. Entre os presos estão médicos de clínicas particulares, despachantes previdenciários e funcionários públicos envolvidos no esquema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.