PF prende 12 envolvidos em fraude em licitações na PB e RJ

Doze pessoas foram presas nesta sexta-feira, durante operação da Polícia Federal, na Paraíba e no Rio de Janeiro. A operação Carta Marcada tem o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada no desvio de recursos públicos através de fraudes em licitações, especialmente em prefeituras.O grupo constituía empresas fictícias, criadas em nome de laranjas, para simular concorrência em processos licitatórios. A PF identificou 54 prefeituras do Estado da Paraíba que efetuaram pagamentos a essas empresas. De acordo com indícios encontrados durante as investigações, a organização criminosa atuava pelo menos desde 2001 e já teria desviado aproximadamente R$ 10 milhões.Cerca de 180 policiais federais cumpriram 12 mandados de prisão e 32 mandados de busca e apreensão nos Estados da Paraíba e do Rio de Janeiro. Também participam da operação 35 auditores da Receita Federal e nove auditores da Previdência Social.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.