PF nega saber de suposto atentado contra Protógenes

Delegado da Satiagraha diz ter sido vítima de possível atentado quando dirigia seu carro e o radiador explodiu

AE, Agencia Estado

20 de janeiro de 2009 | 10h03

A Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro informou na não ter registro do "possível atentado" que o delegado Protógenes Queiroz alega ter sofrido na quinta-feira, segundo relato publicado em seu blog no sábado.   Ex-mentor da Operação Satiagraha, que chegou a prender o banqueiro Daniel Dantas, Protógenes diz ter sido vítima de possível atentado quando dirigia seu carro e o radiador explodiu, causando-lhe queimaduras de primeiro grau nos pés e lesões pelo corpo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeatentadoSatiagrahaProtógenesPF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.