PF nega saber de ataque a Protógenes

A Polícia Federal no Rio informou ontem não ter registro do "possível atentado" que o delegado Protógenes Queiroz alega ter sofrido na quinta-feira, segundo relato publicado em seu blog no sábado. Protógenes diz ter sido vítima de possível atentado quando dirigia seu carro e o radiador explodiu causando-lhe queimaduras de primeiro grau nos pés e lesões pelo corpo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.