PF investiga avião que fez pouso forçado no RS com R$2 milhões

A Polícia Federal estáinvestigando o pouso forçado na tarde de segunda-feira de umavião bimotor em Cruz Alta, noroeste do Rio Grande do Sul,transportando o equivalente a 23 milhões de reais em cédulas dedólares, ienes e outras moedas estrangeiras. O avião ia de Assunção, Paraguai, para Montevidéu, Uruguai,e, segundo os pilotos, fazia um vôo fretado por uma empresa detransportes de valores com filiais nos dois países. Os pilotosdisseram ainda que a rota atravessa o espaço aéreo da Argentinasemanalmente. Segundo nota da PF no Rio Grande do Sul, os pilotossolicitaram ao controle aéreo brasileiro para entrar noterritório nacional, devido ao mau tempo, e acabaramaterrissando no aeroclube de Cruz Alta. Fiscais da Receita acompanharam os policiais até o local, eembora os valores tivessem alguma documentação, foram retidospor não terem declaração de ingresso no Brasil. O dinheiro foiencaminhado para a sede regional do Banco Central, em PortoAlegre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.