PF investiga ataques de hackers contra sites do governo

A Polícia Federal (PF) está investigando os ataques de hackers que estão atingindo diversos sites do governo federal e de instituições ligadas à União. A onda de invasões começou na última quarta-feira e já afetou os sites da Presidência da República, Receita Federal, Petrobras e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Até agora, no entanto, nenhuma informação foi divulgada pela PF.

LISANDRA PARAGUASSÚ, Agência Estado

24 de junho de 2011 | 16h52

No início da tarde de hoje, o site da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) também saiu do ar, mas a assessoria de imprensa do órgão disse que a interrupção ocorreu por causa de uma manutenção preventiva e negou ataque virtual.

Na Presidência da República, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) está estudando os ataques, mas nenhuma medida adicional de segurança foi adotada. Oficialmente, entretanto, o Palácio do Planalto não fala sobre o assunto. A interpretação na Presidência é de que a intenção dos hackers é apenas chamar a atenção. Por isso, a determinação é não dar mais publicidade que o necessário para os ataques.

Tudo o que sabemos sobre:
internethackerataquePFinvestigação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.