PF interrompe temporariamente pedidos de passaporte no Rio

A Polícia Federal no Rio de Janeiro suspendeu temporariamente, a partir desta terça-feira, 6, o pedido de novos passaportes. Segundo a PF, a Casa da Moeda, onde são emitidos os documentos, não está entregando os passaportes, devido a um defeito em uma das máquinas.O estoque da PF é suficiente apenas para entregar os passaportes já pedidos, cerca de 1.500 por dia. Esses documentos já solicitados serão emitidos normalmente.A Casa da Moeda no Rio, às 10h30, ainda não tinha informações sobre a origem do problema ou sobre quando as cadernetas voltarão a ser entregues.São PauloEm São Paulo, a emissão dos passaportes também apresenta problemas, com aumento do tempo de espera para a entrega, mas segundo a assessoria, é devido à transição para o novo passaporte.Os documentos antigos estão sendo emitidos em número menor, causando um tempo de espera de cerca de 10 a 12 dias. O tempo de espera para a retirada do passaporte na sede da Polícia Federal, em São Paulo, era de apenas cinco dias. As pessoas que comprovem a urgência para a retirada do documento conseguem obtê-lo em menos tempo, segundo a PF.O novo modelo trará 16 itens de segurança, como código de barras bidimensional, paginação em filigrana e fundo com impressão íris, entre outros. O código de barras vai armazenar informações referentes à data de nascimento, altura e filiação, e a foto será digitalizada. Por enquanto, apenas as superintendências de Goiás e do Distrito Federal estão aptas a expedir o novo modelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.