PF está a caminho para prender Arruda e mais quatro

Equipes da Polícia Federal estão se dirigindo a diferentes locais do Distrito Federal (DF) para cumprir os mandados de prisão preventiva do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (ex-DEM), e outros quatro acusados de envolvimento em corrupção e em tentativas de obstrução da Justiça.

VANNILDO MENDES E ROSA COSTA, Agencia Estado

11 de fevereiro de 2010 | 17h57

A informação foi divulgada pela próprio Polícia Federal. Em seguida, policiais militares e agentes de segurança informaram, em frente à residência oficial do governador, em Águas Claras, que ele estava em um dos cinco veículos que saíram esta tarde em alta velocidade e que ele se entregará aos policiais federais dentro de instantes.

Na PF, a informação é a de que os agentes, cinco em cada equipe, já vinham monitorando Arruda e os outros quatro. A PF informou também que, assim que tiverem sido presos, os cinco acusados serão recolhidos todos à Carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, onde estarão à disposição da Justiça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.