PF encaminha relatório da investigação ao STJ

O superintendente da Polícia Federal em Alagoas, José Pinto de Luna, afirmou ontem que o relatório final sobre a Operação Taturana, que investigou um rombo de R$ 300 milhões nos cofres da Assembléia, seguiu ontem para Brasília, onde será protocolado no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O relatório denuncia metade dos deputados estaduais com mandato e vários ex-deputados, entre eles Cícero Amélio, que apesar indiciado foi empossado conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.