PF destrói plantação de maconha no sul da Bahia

Uma operação da Polícia Federal no sul da Bahia localizou em três dias oito plantações de maconha nos municípios de Itacaré, Maraú, Ubaitaba e Camamu. As plantações, instaladas em áreas de mata atlântica fechada, foram localizadas a partir de informações obtidas graças a monitoramento por satélite. Os policiais chegaram até os locais em helicópteros, arrancaram todas as plantas e atearam fogo. Não havia ninguém tomando conta das plantações. O delegado Samuel Martins que comandou a operação disse que, a partir de agora, a PF vai identificar os proprietários através do exame de cadastros nos cartórios da região. "As terras provavelmente serão desapropriadas pelo governo para uso na reforma agrária", informou. Segundo ele, os traficantes estão diversificando as áreas de plantio. O mais comum era encontrar plantação de maconha na região fronteiriça entre Bahia e Pernambuco, às margens do Rio São Francisco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.