PF deflagra operação na BA contra desvio de verbas federais

Corporação estima que o montante envolvido nos contratos fraudados chegue a R$ 60 milhões

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

10 de novembro de 2010 | 10h49

SÃO PAULO - A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira, 10, a Operação Carcará para cumprir 45 mandados de prisão contra prefeitos de municípios baianos, servidores públicos municipais e empresários envolvidos no desvio de verbas públicas da União. A corporação estima que o montante envolvido nos contratos fraudados chegue a R$ 60 milhões. As equipes irão cumprir também 82 mandados de busca e apreensão.

A ação, em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF), será realizada em 20 cidades onde foram constatados o desvio de verbas repassadas aos municípios destinadas à aquisição de medicamentos, merenda escolar e execução de obras públicas. A investigação teve início a partir de denúncia sobre crimes relacionados a procedimentos licitatórios envolvendo distribuidoras de alimentos.

Os membros da quadrilha poderão responder por peculato e emprego irregular de verbas públicas, estelionato, formação de quadrilha, fraude a licitação, modificação ilegal do contrato ou pagamento antecipado, impedimento, perturbação ou fraude ao ato licitatório, afastamento de licitante, fraude na execução do contrato, crimes de responsabilidade de prefeito municipal e corrupção ativa e passiva, entre outros.

Tudo o que sabemos sobre:
crimecorrupçãodesvioPFBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.