PF cumpre novo mandado de busca e apreensão na Câmara-DF

Ministro Fernando Gonçalves, do STJ, autorizou a quebra do sigilo do ex-deputado distrital Geraldo Naves

Agência Brasil,

04 de março de 2010 | 17h48

Agentes da Polícia Federal (PF) cumprem, na tarde desta quinta-feira, 4, na Câmara Legislativa do Distrito Federal, mandado de busca e apreensão no servidor de e-mails da Casa.

 

O ministro Fernando Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), autorizou a quebra do sigilo telemático do ex-deputado distrital Geraldo Naves, que está preso na Penitenciária da Papuda, por participar da tentativa de suborno de uma testemunha do suposto esquema de corrupção no governo do Distrito Federal. A quebra foi autorizada para o período de 1º de janeiro a 4 de fevereiro.

 

A Polícia Federal informou que a Justiça autorizou mais dois mandados de busca e apreensão, mas não informou os locais onde estão sendo realizados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.