PF cumpre 14 mandados de busca e apreensão no RJ

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta quinta-feira,, 14 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro e nos municípios fluminenses de Duque de Caxias, Petrópolis, Areal e São José do Vale do Rio Preto. Um dos locais visitados pelos agentes federais foi a residência do prefeito de Duque de Caxias, José Camilo Zito dos Santos (PP), no bairro Doutor Laureano.

MARCELO GOMES, Agência Estado

20 de dezembro de 2012 | 09h21

Durante a ação também será feito o arrolamento de bens em diversos postos de saúde e no Hospital Moacyr Rodrigues do Carmo, todos em Caxias, na Baixada Fluminense. O arrolamento é uma medida cautelar destinada a proteger bens objeto de litígio, com o objetivo de conservá-los do perigo de extravio ou dilapidação.

Os mandados de busca e apreensão e de arrolamento de bens foram determinados pela 1ª Vara Federal de Duque de Caxias. As medidas são resultado de uma ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público em razão de supostas irregularidades na gestão de verba pública no sistema de saúde em Duque de Caxias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.