PF confirma apreensão de R$ 1 mi em operação no Amapá

Foram realizadas 18 prisões, entre as quais a do governador do Estado, Pedro Paulo Dias (PP)

Vannildo Mendes, Agência Estado

10 de setembro de 2010 | 18h03

A Polícia Federal (PF) confirmou hoje a apreensão de R$ 1 milhão de reais, além de cinco veículos de luxo (Ferrari, Maserati, duas Mercedes e um Mini Cooper) e duas armas, como resultado das ações de busca e apreensão da Operação Mãos Limpas, no Estado do Amapá. O operação tem como objetivo prender uma organização criminosa composta por servidores públicos, agentes políticos e empresários, que praticava desvio de recursos públicos do Estado e da União.

 

Foto: Divulgação

Foram realizadas 18 prisões entre as quais a do governador do Estado, Pedro Paulo Dias (PP), e do presidente do Tribunal de Contas do Amapá, Júlio Miranda. Cerca de 600 policiais estão mobilizados nas ações em quatro Estados: Amapá, Pará, Paraíba e São Paulo.

 

Foto: Stanley Talião/PAGOS

A investigação que resultou na Operação Mãos Limpas começou depois que a Superintendência da PF no Estado do Amapá recebeu denúncias sobre ilícitos que estariam sendo praticados em diversos órgãos governamentais do Estado, por agentes políticos e públicos, em conjunto com empresários privados da região.

 

Veja também:

linkGovernador do Amapá e mais 15 serão transferidos para Brasília

linkPreso pela PF, governador do AP será enviado a Brasília

linkPT do Amapá protestou contra a participação de Lula

blogLula pediu votos em programa eleitoral para candidato preso 

blog Em discurso, Sarney elogiou gestão de ex-governador preso

 

Tudo o que sabemos sobre:
operaçãoPFMãos LimpasdinheiroAP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.