PF combate uso ilegal de satélites americanos no País

São 20 mandados de busca e apreensão, nos estados de MG, GO, TO, MS, MT e SC

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

18 de março de 2009 | 12h02

A Polícia Federal realiza nesta quarta-feira uma operação para interromper o uso ilícito de satélites militares americanos para comunicação a partir de pontos do território nacional. São 20 mandados de busca e apreensão, nos estados de Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Santa Catarina.

 

A chamada Operação Satélite contou com a participação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que ratificou as coordenadas geográficas dos pontos indicados pelo Departamento de Defesa Americana, controlador dos satélites FLEETSAT-8 e UFO.

 

O sistema utilizado é resultado da fabricação caseira de transceptores e antenas que trabalham na frequência e direção dos indigitados Satélites.

 

Os infratores identificados responderão pelo crime inscrito na Lei Geral das Telecomunicações, e estarão sujeitos às penas que variam de 02 a 04 anos de detenção e multa.

Tudo o que sabemos sobre:
pfsatélites americanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.