PF apreende R$ 80 mil com cabo eleitoral de Jucá

A Polícia Federal apreendeu anteontem à noite, em Roraima, quase R$ 80 mil pertencentes ao senador Romero Jucá (PMDB), líder do governo no Senado. O dinheiro foi encontrado em Mucajaí, a 50 quilômetros de Boa Vista, com Luis Antônio Teixeira da Silva, cabo eleitoral de Jucá, que é candidato à reeleição. O montante será depositado em conta judicial.

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2010 | 10h03

A assessoria do senador peemedebista informou que o dinheiro tem origem perfeitamente legal e que ele seria utilizado no pagamento do trabalho dos cabos eleitorais conforme autorização dada pela Justiça Eleitoral. Os advogados de Jucá já informaram que vão protocolar ainda hoje uma ação para conseguir a restituição do dinheiro.

Saques em Roraima

Proibidos desde a segunda-feira, por decisão da Justiça Eleitoral de Roraima, os saques acima de R$ 20 mil foram novamente liberados por decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além disso, o tribunal desobrigou os bancos e instituições financeiras de informar os saques acima de R$ 10 mil, feitos pelos correntistas no Estado. A medida tinha sido adotada com o objetivo de coibir a compra de votos, prática comum no Estado em recentes eleições. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.