PF apreende maconha em canavial

A Polícia Federal apreendeu hoje 350 quilos de maconha prensada em um canavial do município de Avanhandava, no interior de São Paulo. Cinco homens acusados de tráfico foram presos. A PF também apreendeu um avião monomotor Cessna e duas caminhonetes. A operação policial, que começou na tarde de domingo e foi concluída no início da noite de hoje, mobilizou agentes federais de Araçatuba, Brasília (DF), Três Lagoas (MS) e São José do Rio Preto. "Estávamos monitorando os traficantes há três meses, a partir de informação obtida pela divisão de entorpecentes de Brasília", disse o delegado Rodney Loureiro dos Santos, titular da delegacia da Polícia Federal de Araçatuba. A maconha era de origem paraguaia, e deveria ser distribuída na região. No canavial, foram presos Márcio Ribeiro, de 35 anos, Jair Abacherli Ferreira, 36, e Paulo Antônio Conceição Alves, 32. Ribeiro e Alves são das cidades paulistas de Potirendaba e Penápolis. Ferreira é de Dourados (MS). O piloto do monomotor, José Antônio Malagoli, de 41 anos, e Ivan Aparecido dos Santos, 23, que arremessou os pacotes de maconha no canavial, foram detidos em Ibitinga, na região de Bauru, para onde a aeronave seguiu, após lançar a droga em Avanhandava. Malagoli é de Araçatuba e Santos, de Dourados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.