PF anuncia medidas para minimizar transtorno da greve no Rio

A superintendência da Polícia Federal no Rio divulgou nesta segunda-feira a adoção de medidas com o objetivo de "minimizar as conseqüências do movimento grevista que vem causando lentidão nos procedimentos de polícia de imigração no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim".A primeira medida consiste no deslocamento imediato de agentes da PF que não aderiram à greve para reforçar o atendimento na Delegacia Especial do Aeroporto Internacional (Deain). Além disso, foi determinado à Delegacia Regional Executiva que funcionários da Infraero auxiliem em caráter emergencial na fiscalização e na ?agilização do fluxo de passageiros?, em acordo com portaria dos ministérios da Justiça e da Defesa.Por fim, ordena que o delegado da Deain identifique e solucione outras dificuldades que surjam em decorrência da greve da PF, que voltou a causar transtornos para os passageiros que embarcavam em vôos internacionais nesta segunda. As pessoas ficaram até quatro horas nas filas e a maioria dos vôos decolou com uma hora de atraso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.