PF acha acampamento das Farc perto de aldeia tucana

A Polícia Federal brasileira identificou um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) a 20 quilômetros da fronteira com o Brasil, próximo à aldeia dos índios tucanos, na localidade de Melo Franco, no noroeste do Amazonas.Tanto a PF quanto o Exército confirmaram que os guerrilheiros estão tentando aliciar índios e ex-soldados para reforçar suas tropas por causa do confronto que mantêm com o governo colombiano.Informações levantadas por autoridades brasileiras dão conta de que até crianças de 8 anos sofreram tentativa de cooptação para serem usadas no transporte de armas por dentro da selva.Nesta terça-feira, o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, e o diretor-geral da PF, Paulo Lacerda, inauguram uma delegacia em Melo Franco, mas policiais federais já estão no local há pelo menos um mês, depois de informações sobre as tentativas de cooptação de índios. O posto avançado está dentro da aldeia, onde residem 60 pessoas, que vivem da agricultura de subsistência.Até então, as autoridades brasileiras tinham informações da presença das Farc na cidade colombiana de Mitú, no Departamento de Valpés, a 50 quilômetros da fronteira com o Estado do Amazonas, mas, recentemente, novos acampamentos foram descobertos próximo a Melo Franco e Vila Bittencourt.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.