Petroleiro morre em sonda marítima

O petroleiro terceirizado Rivanildo Alves de Oliveira, de 42 anos, plataformista da empresa Sotep, morreu hoje em acidente na Sonda de Produção Marítima 22, no Campo de Caioba, em Sergipe, ao ser atingido por um guindaste, quando trabalhava na manutenção de um tanque. De acordo com a Federação Única dos Petroleiros (FUP), o acidente eleva para 93 o número de vítimas nos últimos três anos. Foi o segundo acidente com morte em menos de um mês, ocorrido em Sergipe. No dia 8 de março, o motorista Antônio Sérgio Santos Teles, de 40 anos, morreu quando transportava uma sonda de produção terrestre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.