Petrobras trabalha para conter vazamento

Na área onde afundou a plataforma P-36, a Petrobras tem 26 barcos e 32 mil metros de barreiras, entre outros equipamentos, para minimizar o impacto ao meio ambiente do vazamento de petróleo. Um plano de contingência já tinha sido elaborado e encaminhado ao Ibama. Os poços de petróleo na região foram vedados, mas as linhas que ligavam-nos à plataforma continham 1,5 milhão de toneladas de petróleo. O plano considera que, com o afundamento da plataforma, o desligamento das linhas da P-36 pode ocorrer, provocando o vazamento das 1,5 milhão de toneladas de petróleo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.