Petrobras: Reichstul garante investimentos

O presidente da Petrobras, Henri Philippe Reichstul, já começou sua maratona para explicar o acidente com a plataforma P-36, na Bacia de Campos. Na última sexta-feira, o executivo tranqüilizou os acionistas em Assembléia Geral Ordinária (AGO), afirmando que os planos de investimento, o pagamento de dividendos e orçamento da empresa vão se manter dentro do programado para este ano. Esta semana será a vez de explicar aos senadores e deputados federais o drama vivido pela estatal nos últimos dias.A maratona começa nesta terça-feira com um depoimento na comissão de infra-estrutura do Senado. A preocupação com os rumos da empresa fizeram as ações preferenciais da Petrobras caírem 11,3% entre os dias 15 e 23 de março. No prazo de 60 dias, a companhia irá distribuir R$ 2,573 bilhões em dividendos, que representam 26,52% do lucro básico do ano passado. O orçamento de R$ 9,597 bilhões também foi mantido.Na AGO, Reichstul fez uma homenagem aos onze funcionários da companhia que morreram nas explosões da plataforma P-36, na semana passada, e descerrou uma placa com o nome das vítimas no auditório. O presidente da Petrobras lembrou aos acionistas que a plataforma está assegurada e que o dinheiro do seguro será reinvestido para reerguer a plataforma de Roncador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.