Petistas querem agenda de crescimento, diz Genoino

O Partido dos Trabalhadores (PT) irá reivindicar do governo uma agenda de crescimento para País no retorno dos parlamentares às atividades do Congresso, afirmou hoje em entrevista ao site da legenda o presidente nacional do PT, José Genoino. "Tem de ousar mais para trabalhar uma agenda de crescimento. A reforma política e do Judiciário também devem ser priorizadas", destacou. Segundo ele, o que o Brasil precisa neste momento é de mais investimentos. "Os investidores perceberam que este governo não fará aventuras, mas é preciso mais iniciativas no sentido de crescimento", acrescentou.Sobre a mudança de metas para o superávit primário nas negociações com o Fundo Monetário Internacional (FMI), Genoino disse defender essa idéia. "Com isso, tem-se melhores condições em programas sociais e na área produtiva, como na infra-estrutura." Ele ainda defendeu o apoio do governo brasileiro à Argentina na negociação com o Fundo. De acordo com o petista, a solidariedade ao país vizinho é fundamental para que tenha estabilidade. Além disso, trata-se de um país importante para as relações comerciais e políticas com o Brasil. "A oposição precisa enxergar o que o governo está fazendo", disse o presidente nacional do PT, referindo-se às medidas adotadas pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para apurar o caso Waldomiro Diniz. Por se tratar de ano eleitoral, Genoino acredita que o maior interesse de alguns setores da oposição é atacar o PT e enfraquecer o governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.