Petistas pedem a Ideli que ministros participem de campanhas municipais

Cobrança por engajamento vem na esteira de rompimento de alianças com aliados em cidades importantes

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br

10 de julho de 2012 | 17h06

Numa reunião que durou cerca de duas horas, deputados do PT pediram à ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) que os ministros do partido sejam convocados para participar das campanhas nas eleições municipais. A participação se daria nos finais de semana ou fora do horário de expediente. A ministra ficou de conversar com os colegas e após a reunião já tirou fotos com alguns deputados candidatos.

“A melhor forma de os ministros ajudarem no projeto do PT é participando nas campanhas eleitorais nos finais de semana”, defendeu o vice-líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE). “A gente faz campanha para os colegas e os ministros também tem de fazer nos sábados e domingos”, disse a deputada Benedita da Silva (PT-RJ).

Candidato em Salvador (BA), Nelson Pellegrino destacou ter o apoio de 15 partidos da base. “Dá para fazer agenda até o final de campanha com um ministro a cada dois dias”.

A cobrança dos petistas por engajamento vem na esteira de rompimento de alianças com aliados em cidades importantes, como Belo Horizonte (MG), Recife (PE) e Fortaleza (CE). A expectativa é que a presença dos ministros compense eventuais divisões e deem aos petistas status de candidatos “oficiais” do governo em suas bases. Nas maiores cidades, o PT espera ainda a presença da presidente Dilma Rousseff e de seu antecessor Luiz Inácio Lula da Silva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.