Petistas defendem Alencar como vice na chapa de Lula

Petistas mineiros defenderam nesta sexta-feira a manutenção de José Alencar como vice na virtual chapa à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O presidente do diretório estadual do partido, Nilmário Miranda - provável candidato do PT ao Palácio da Liberdade -, convidou Alencar para concorrer ao Senado com o apoio da legenda. A estratégia visa fortalecer a candidatura própria do PT no Estado e o palanque de Lula em Minas, segundo maior colégio eleitoral do País. Para o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Luiz Dulci, e o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, a proposta de candidatura ao Senado é apenas uma "alternativa" apresentada pelo PT estadual."Como nós acreditamos que o presidente Lula tem grandes chances de ser reeleito, o vice-presidente da República continuaria sendo um mineiro. Para nós é motivo de honra", disse Dulci. "Com certeza, mesmo o (ex) ministro Nilmário prefere que o Alencar seja vice-presidente." Pimentel foi na mesma linha e disse que seria "muito honroso" para Minas a repetição da chapa presidencial de 2002. Segundo ele, o convite do presidente estadual do PT demonstra o "apreço e admiração" do partido com Alencar. ConsultaO vice-presidente, que trabalha para reeditar a dobradinha com Lula, participou na capital mineira do lançamento da consulta suprapartidária e aberta qualquer cidadão organizada pelo PT para referendar a candidatura de Nilmário. Ele repetiu o bordão de que não é "candidato a nada". "Agora, é claro que eu estou dizendo no presente do indicativo. Não sou. Eu não sei o dia de amanhã", ponderou.Após depositar seu voto numa urna instalada na Praça Sete - coração da região central da cidade -, Alencar observou que se trata de uma consulta inédita no Brasil e elogiou o "compromisso democrático" do ex-ministro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos. Fez também rasgados elogios ao PT e ao presidente Lula."O PT é um partido admirável, sob todos aspectos", disse, lembrando que "há alguns problemas aqui, acolá", mas que o presidente não foi atingido por nenhuma denúncia. "Demonstrou que possui uma honorabilidade também admirável e respeitável no Brasil inteiro. Então as coisas estão bem. O Brasil está preparado para retomar crescimento". Ao abrir a opção do Senado para Alencar, o PT de Minas procura facilitar também uma negociação de Lula com o PMDB. Nilmário disse que a decisão de Alencar será tomada em conjunto com o presidente. O resultado da consulta petista, que estava sendo realizada em cerca de 400 cidades do Estado, só deverá ser divulgado na próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.