Estadão
Estadão

Petistas chegam para encontro com Cármen Lúcia no STF

Parlamentares vão entregar documento assinado por outros dez partidos para que seja levado a pauta do STF o julgamento sobre a prisão em segunda instância

Isadora Peron, O Estado de S. Paulo

14 Março 2018 | 18h41

BRASÍLIA - Cerca de 20 deputados do PT chegaram há pouco ao Supremo Tribunal Federal para uma reunião com a presidente Cármen Lúcia.

Os petistas irão entregar um documento assinado por parlamentares de outros dez partidos para que seja colocado na pauta do STF o julgamento sobre a prisão em segunda instância.

++ Após encontro, Cármen não garante a Sepúlveda que irá pautar habeas corpus de Lula

++ Gilmar barra execução de pena em 2.ª instância de quatro condenados

O tema mobiliza a classe política e é de interesse da sigla diante da possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser preso nas próximas semanas após os recursos na segunda instância se esgotarem.

Assinaram o documento, além do PT,  PP, PR, MDB, PSB, PDT, PTB, Solidariedade,  PCdoB, AVANTE e PSOL.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.