Petistas atacam tucanos na inauguração de Passa Rápido

A última inauguração da Prefeitura de São Paulo prevista para antes do primeiro turno - a liberação integral do Passa Rápido 9 de Julho - foi marcada por críticas de integrantes da administração petista aos tucanos. O alvo mais marcado foi o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), principal cabo eleitoral do candidato do PSDB, José Serra, apontado nas pesquisas como o grande adversário de Marta Suplicy (PT), que tenta a reeleição.O secretário municipal dos Transportes, Gerson Bittencourt, criticou a gestão de Alckmin sem citar o nome do governador. "Não ficamos prometendo obras para 2006 e 2007, como alguns estão fazendo", afirmou, acrescentando que muitas das críticas feitas à gestão de Marta na área dos Transportes não têm conteúdo. "Se querem criticar, que o façam com conteúdo e não a crítica rasteira", disse.Bittencourt criticou ainda a decisão do governo paulista de integrar trem e metrô aos domingos. "Achamos estranho esta integração ocorrer só aos domingos, quando circula (por estes meios de transporte) apenas 40% da população", continuou ele, em entrevista a jornalistas.O presidente da SPTrans, José Evaldo Gonçalo, também fez críticas aos adversários e à imprensa, que, segundo ele, muitas vezes distorce informações. Questionado a quem especificamente as críticas eram direcionadas, respondeu: "A quem a carapuça servir e aos tucanos com certeza, pois esses só falam besteira e escondem o que é bom."InauguraçãoO Passa Rápido 9 de Julho foi inaugurado hoje pelo vice-prefeito Hélio Bicudo. Marta Suplicy não pôde comparecer ao evento, conforme prevê a Lei Eleitoral. Bicudo ressaltou os principais projetos elaborados pela gestão do PT na cidade e disse estar confiante na vitória de Marta. Ao ser indagado sobre as críticas feitas pelos integrantes da Prefeitura, respondeu: "Algumas coisas precisam ser explicadas e é importante que se ponha os pingos nos devidos is", limitou-se a dizer. A cerimônia de inauguração terminou com uma chuva de balões vermelhos e brancos e fogos de artifício.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.