Petista quase é atacado por tucano enquanto discursava

Logo depois que o líder do PT na Câmara, Walter Pinheiro (BA),conseguiu acalmar os manifestantes que se encontram nas galerias acompanhando a sessão de votação do projeto que modifica a legislação trabalhista, os ânimos voltaram a se acirrar na Casa, desta vez no plenário, onde discursava o deputado Paulo Paim (PT-RS). O presidente da Câmara, deputado Aécio Neves, fez insistentes apelos a Paim para que concluísse o seu discurso. Subitamente, o deputado André Benassi(PSDB-SP), que estava atrás da Mesa da Presidência, partiu em direção ao deputado Paim, mas foi contido pelos seguranças que estavam próximos. Paim interrompeu o seu discurso, e o trabalho foi retomado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.