ANDRE DUSEK | AE
ANDRE DUSEK | AE

Petista Maria da Conceição Tavares declara voto em Manuela e diz que Lula está impedido

Economista é uma das mais importantes referências teóricas e acadêmicas do PT

Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo

15 Abril 2018 | 17h47

Uma das mais importantes referências teóricas e acadêmicas do PT, a economista Maria da Conceição Tavares, de 87 anos, divulgou neste domingo, 15, um vídeo de apoio à pré-candidatura de Manuela d'Ávila (PCdoB) à Presidência da República. No vídeo, a professora emérita da UFRJ, ex-deputada federal pelo PT entre 1995 e 1999, justifica o apoio à Manuela dizendo que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Operação Lava Jato, está impedido de disputar a eleição.

“Meu candidato à Presidência era o ex-presidente Lula, mas, como ele foi impedido, resolvi apoiar e votar na Manuela”, diz a economista.

+++Após uma semana preso, Lula já sente isolamento político

+++Maioria vê culpa de Lula; 95% quer que Lava Jato continue

Apesar de Lula ter sido condenado por órgão colegiado e preso por corrupção e lavagem de dinheiro, a direção do PT continua insistindo no discurso de que o ex-presidente é o único nome do partido para a disputa presidencial e apostando em brechas na Lei da Ficha Limpa para registrar sua candidatura.

Nos bastidores, petistas admitem que Lula dificilmente será liberado para disputar a eleição e discutem nomes como os de Fernando Haddad e Jaques Wagner para representar o partido na disputa presidencial.

+++Haddad e Wagner insistem em Lula 2018

+++Presidenciáveis dão ênfase ao social por votos de Lula

No vídeo divulgado ontem pelas redes sociais de Manuela, a professora, filiada de primeira hora ao PT, diz que a pré-candidata do PCdoB pode carregar as propostas de Lula na campanha eleitoral e conclama os eleitores que não tenham um “candidato do coração” a votarem na deputada gaúcha.

“É uma jovem militante combativa que levará o programa de todos nós, inclusive de Lula. Se você não tem um candidato do coração, vote Manuela”, diz Maria da Conceição Tavares.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.