Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE

Petista é o novo relator do caso Edmar; Moraes irá ao STF

Deputado que disse 'se lixar' para opinião pública afirmou que não havia provas contra o dono do castelo

Luciana Nunes Leal, de O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2009 | 17h37

O deputado petista Nazareno Fontelles, do Piauí, foi escolhido nesta quarta-feira, 13,  o novo relator do processo que tramita no Conselho de Ética da Câmara contra o deputado mineiro Edmar Moreira (sem partido), acusado de se apropriar indevidamente de recursos da verba indenizatória para pagar serviços atribuídos a suas próprias empresas de segurança e não comprovados. Nazareno substitui o deputado petebista Sérgio Moraes (RS),  que recentemente declarou que não havia provas contra Moreira  "e que estava se lixando para a opinião pública''.  

 

Sérgio Moraes disse que foi arrancado da relatoria e que vai ao Supremo Tribunal Federal para recuperar a função.

 

Veja também:

linkRelator que 'se lixa' quer lutar pelo cargo: 'Briga vai ser feia'

linkColeguismo e impunidade dá a deputados garantia de reeleição

som Ouça discurso no plenário da Câmara

especialPerfil: Quem é Edmar Moreira, dono do castelo

lista Todas as notícias sobre o caso Edmar Moreira 

 

 

Edmar Moreira ficou conhecido como "o deputado do castelo" por ter construído em Minas Gerais uma casa nesse formato, avaliada em R$ 25 milhões, que ele registrou em nome dos filhos e não declarou à Receita Federal.

 

O deputado Nazareno disse  que vai agir "mais com o silêncio que com a palavra" e mostrou um estilo diferente de seu antecessor, Sérgio Moraes (PTB-RS), que disse se lixar para a opinião pública.

 

 

Texto atualizado às 17h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.