‘Pesquisas mostram alta rejeição a ele’

'Por onde passo em Minas as opiniões são que a imagem de Aécio que ficou, justa ou injustamente, muito prejudicada', diz ex-prefeito de Belo Horizonte

Entrevista com

Márcio Lacerda (PSB-MG),  ex-prefeito de Belo Horizonte 

Pedro Venceslau, ENVIADO ESPECIAL / BELO HORIZONTE, O Estado de S.Paulo

10 Março 2018 | 18h00

É possível montar com o PSDB um palanque de oposição ao governador Fernando Pimentel em Minas?

Não acredito. A prioridade do PSDB é ter o Anastasia como candidato. A segunda opção seria o deputado Rodrigo Pacheco, mas ele apresentou uma rejeição à candidatura do Aécio ao Senado. De qualquer forma, não sou uma opção para os tucanos. As bases do PSDB, os prefeitos, me veem como uma alternativa interessante nesse momento de dificuldade do partido.

Aécio Neves, que foi seu aliado, quer disputar o Senado. Ele tem chance?

As pesquisas mostram uma rejeição muito grande a ele. Por onde passo em Minas as opiniões são que a imagem dele ficou, justa ou injustamente, muito prejudicada. Ele tem sido aconselhado a se candidatar a deputado federal. Eu dei essa opinião a Andrea Neves antes dele enfrentar esse problema mais grave da gravação do Joesley.

Qual é o seu candidato à Presidência? Pode ser o Alckmin?

Tendência do PSB é não ter candidato ou entrar em uma coligação. Alckmin tem um perfil interessante, mas não posso adiantar se ele estará no meu palanque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.