Dida Sampaio e Sérgio Castro/ Estadão
Dida Sampaio e Sérgio Castro/ Estadão

XP/Ipespe: Bolsonaro volta a superar Lula entre evangélicos

De acordo com a rodada mais recente da pesquisa XP/Ipespe, intenções de voto em Lula chegam a 52% no Nordeste; na região Sul, Jair Bolsonaro atinge 39%, superando o pré-candidato do PT

Davi Medeiros, O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2022 | 09h44

O presidente Jair Bolsonaro (PL) recuperou parte da preferência entre os eleitores evangélicos e voltou a superar Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entre esse público, segundo pesquisa XP/Ipespe divulgada na quarta-feira, 6. O chefe do Executivo, que chegou a perder do petista por cinco pontos em um levantamento de março, agora tem 40% das intenções de voto dessa denominação religiosa, contra 33% do ex-presidente. 

O levantamento ainda não considera eventuais impactos das declarações de Lula em defesa do aborto. Bolsonaro, que tem os evangélicos como uma de suas principais bases eleitorais, busca alicerce nas chamadas “pautas de costumes” para manter a aprovação desse público. 

Segundo acredita o pastor Henrique Vieira, que posou com Lula após o festival Lollapalooza e faz campanha para o petista nas redes sociais, a defesa do aborto pode não ser determinante para a retirada do apoio de parte dos evangélicos ao petista, já que, segundo ele, outras questões devem se impor entre os religiosos, como “desemprego e inflação”. 

Ainda segundo a pesquisa Ipespe, o ex-presidente tem maior vantagem sobre Bolsonaro na região Nordeste, onde o petista tem a maioria da preferência (52%), contra 23% do atual chefe do Planalto. Bolsonaro vence Lula em somente uma região, o Sul, por 39% contra 34%. 

O atual presidente da República tem 36% das intenções de voto entre os homens, o que representa empate técnico - ou seja, dentro da margem de erro - com Lula, que tem 39%. O petista tem 24 pontos de vantagem entre as mulheres (48% contra 24%). 

O Ipespe ouviu mil eleitores entre os dias 2 e 5 de abril. A margem de erro do levantamento é de 3,2 pontos porcentuais, para mais ou para menos, e o código do registro na Justiça Eleitoral é BR-03874/2022.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.