Pesquisa relaciona preço de remédios a abandono de tratamento

Aposentados estão deixando de tomar remédios por causa dospreços dos produtos. Esta é a principal conclusão da pesquisa sobre o?Perfil de Utilização de Medicamentos por Aposentados Brasileiros? quefoi apresentada ontem durante a Conferência Nacional de Medicamentos eAssistência Farmacêutica.Mil pessoas com idade acima de 60 anos em todo o Brasil responderamquestionários da pesquisa via correio, além de 800 entrevistas emdomicílio nas cidades do Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Entre os queafirmaram ter deixado de tomar remédios, nos últimos 15 dias antes deresponder a pesquisa escrita, 44,3% indicaram o preço como principalmotivo para a interrupção. Outros 14,9% alegaram que não prosseguiramtratamento porque o remédio estava em falta na farmácia do SistemaÚnico de Saúde. O problema financeiro também foi a principal causa apontada para asuspensão de uso do remédio nas pesquisas domiciliares no Rio (37,8%) eem Belo Horizonte (39%). A maioria dos entrevistados (81%) havia tidogastos com medicamentos no último mês, que variaram de R$ 3,00 a R$2.000,00. Um custo médio de R$ 114,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.