Pesquisa reflete momento, diz Pastor Everaldo

"Eleição e mineração, só depois da apuração", disse, bem humorado

STEFÂNIA AKEL, Estadão Conteúdo

28 de agosto de 2014 | 13h01

O candidato do PSC à Presidência, Pastor Everaldo, evitou falar do avanço de Marina Silva (PSB) nas pesquisas e afirmou que sua campanha está trabalhando com o mesmo empenho de antes. Em relação à queda nas intenções de voto do candidato apontada no último levantamento do Ibope, o pastor disse que a "pesquisa reflete o momento". "Eleição e mineração, só depois da apuração", disse, bem humorado.

Ele afirmou que existe muita aceitação em torno do seu nome e, por isso, tem a expectativa de chegar ao segundo turno. Assim, ele disse ainda não ter considerado a hipótese de apoiar outro candidato.

Pastor Everaldo também avaliou como positiva sua participação no debate desta semana na TV Bandeirantes. "Para a primeira vez, um estreante, foi um desempenho maravilhoso", afirmou. "A repercussão foi boa nas redes sociais e na rua."

Mais conteúdo sobre:
eleiçõespscpastor everaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.