Pesquisa me satisfaz, mas não significa que serei candidato, diz Serra

Embora as intenções de voto no presidenciável José Serra (PSDB) mostradas pela pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira tenham caído de 49% para 43%, recolocando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na dianteira, com 48%, o prefeito de São Paulo declarou estar bastante satisfeito com o resultado, já que não está oficialmente em campanha para a presidência da República. Serra enfatizou, porém, que seu bom posicionamento na sondagem não é decisivo para ele se tornar, oficialmente, o candidato tucano à sucesso do presidente Lula. "Para mim, de novo, é gratificante uma pesquisa como essa, uma vez que estou bem situado e bem avaliado pela população brasileira no seu conjunto, apesar de eu estar mergulhado no trabalho como prefeito de São Paulo e mal aparecer no noticiário nacional. Mas não significa que, com isso, eu vá ser candidato", declarou Serra, ao chegar ao gabinete do ministro da Defesa, José Alencar. Na última semana, Serra e o governador paulista não saem do noticiário nacional por conta da disputa entre os dois para saber quem será o candidato do PSDB à Presidência da República.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.