Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Doria supera Leite em primeira simulação com ambos na disputa

Em nova rodada da pesquisa do instituto Ideia, Lula lidera com 42% das intenções de voto; Jair Bolsonaro tem 27%, seguido por Sérgio Moro (10%), Ciro Gomes (8%) e João Doria (2%); em cenário com Leite, Doria cresce

Davi Medeiros, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2022 | 11h24

Pesquisa Exame/Ideia divulgada nesta quinta-feira, 24, mostra que o governador Eduardo Leite (RS) dá fôlego ao PSD quando assume o lugar de Rodrigo Pacheco na corrida presidencial pelo partido, mas ainda fica abaixo de João Doria, seu colega no PSDB. O levantamento é o primeiro a testar o nome do gaúcho como o novo presidenciável do PSD. 

Doria aparece com 2% das intenções de voto no cenário que considera Pacheco como o candidato do partido presidido por Gilberto Kassab; o senador tem 0,8%. Feita a substituição por Leite, o gaúcho figura com 2%, enquanto Doria sobe para 3%. Na prática, ambos estão empatados na margem de erro, que é de 3 pontos para mais ou para menos. 

Leite foi derrotado por Doria nas prévias do PSDB, que ocorreram em novembro. Entretanto, uma ala do partido teme que a pré-candidatura do tucano paulista não decole, dado seu fraco desempenho nas pesquisas e alta rejeição, e busca uma possível composição com outro candidato de terceira via, sem o PSDB na cabeça de chapa. Já o gaúcho passou a ser cortejado pelo PSD após os sinais de que Pacheco poderia recuar da ideia de entrar na disputa. Leite já sinalizou que pode sair do ninho tucano. 

A liderança da corrida presidencial segue sendo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que tem 42% das intenções de voto segundo a pesquisa. O presidente Jair Bolsonaro (PL) se mantém em segundo lugar, com 27% de preferência. Sérgio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT) aparecem com 10% e 8%, respectivamente. 

A pesquisa Exame/Ideia ouviu 1.500 eleitores por telefone entre os dias 18 e 22 de fevereiro. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-05955/2022.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.