Pesquisa confirma PDT na frente do PFL e do PT em Salvador

A campanha eleitoral começou hoje na capital baiana com a divulgação de mais uma pesquisa de intenção de voto na disputa pela prefeitura que confirma a tendência dos últimos levantamentos feitos anteriormente: o candidato do PDT João Henrique Carneiro continua liderando, seguido de César Borges do PFL apoiado pelo senador Antonio Carlos Magalhães, o governador Paulo Souto e o prefeito Antonio Imbassahy (todos do PFL). O deputado Nélson Pelegrino do PT que tem o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva permanece em terceiro lugar. Conforme a pesquisa do Instituto P&A e jornal Tribuna da Bahia, realizada no dia 1º de julho e que ouviu 625 eleitores, João Henrique tem 32,3% das intenções de voto, César Borges 27,4%, Pelegrino 13,1%, Lídice da Mata (PSB) 10,6 e Benito Gama (PTB) 1,1%. A margem de erro é de 4 pontos porcentuais para mais e 4 para menos. O levantamento exibe claramente o desgaste do governo do presidente Lula no eleitorado baiano. Lula era o mais forte cabo eleitoral da cidade desde que venceu as eleições presidenciais em 2002 pois foi na capital baiana que obteve o maior percentual de votos entre as capitais brasileiras. No entanto, a pesquisa da P&A mostrou que perdeu muito prestígio. O maior eleitor de Salvador é o prefeito Antonio Imbassahy: 55,4% dos entrevistados gostariam que ele fosse o aliado do novo prefeito. O segundo é o governador Paulo Souto com 52,2%. Lula só aparece em terceiro lugar com 49,9%, ficando ACM em quarto com 46,9%. Esse enfraquecimento do apoio da população a Lula teve reflexos diretos na candidatura do petista Nélson Pelegrino. Ele perdeu quase três pontos porcentuais nessa pesquisa em relação à anterior realizada em maio, se afastando cada vez mais de chegar a um eventual segundo turno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.