Peru diz que vai proteger índios que fogem para o Brasil

Anúncio vem depois de divulgação de fotos de tribo isolada no Acre.

Da BBC Brasil, BBC

04 de junho de 2008 | 06h15

Dias depois que fotografias de uma tribo isolada de índios da Amazônia foram divulgadas pela primeira vez, o governo peruano anunciou que vai combater a ação ilegal de grupos que desmatam a floresta e invadem as terras indígenas.Os índios fotografados na semana passada foram localizados no Acre, perto da fronteira com o Peru, mas o governo brasileiro, que financiou a missão, acredita que eles tenham vindo do país vizinho, forçados por grupos que desmatam e invadem suas terras. Segundo o correspondente da BBC em Lima, Dan Collyns, autoridades do Estado peruano de Madre de Díos disseram que vão proteger as tribos isoladas da floresta."Uma missão será enviada à região para colher informações e investigar se o desmatamento ilegal está realmente desalojando as tribos", disse o diretor do Departamento de Assuntos Indígenas do governo peruano, Ronald Ibarra."A idéia é protegê-los e não entrar em contato com eles", disse ele.Arco e flechaA Funai, que divulgou as imagens, disse que o grupo fotografado é o maior dos quatro isolados que existem apenas no Acre.O organizador da missão e coordenador da Frente de Proteção Etnoambiental da Funai, José Carlos dos Reis Meirelles Júnior, disse, na semana passada, que a Amazônia peruana seria palco de várias atividades ilegais que estariam expulsando os índios de suas terras. "Tudo que é ilegal que você pode imaginar, acontece na Amazônia peruana. Do lado brasileiro, a gente consegue isolar, evitar invasões, mas a coisa está pegando do lado de lá (do Peru)", disse Meirelles. Ele diz ter provas de que pelo menos dois grupos do Peru passaram para a Amazônia brasileira. As fotos mostram as malocas do grupo e índios pintados com urucum. Uma delas registrou o momento que membros do grupo tentam acertar o avião do fotógrafo com flechas. "Por mim, eles são bem-vindos, mas o meu medo é que essa migração gere conflito (com outros índios estabelecidos no Brasil), " afirmou Meirelles.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.