Perillo nega ter recebido doação da Delta

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), afirmou nesta terça-feira na CPI do Cachoeira que jamais recebeu doação de campanha da Delta Construções. Segundo ele, a empreiteira tem ligações com outros grupos políticos no Estado. O governador disse que, se recebeu recursos da Delta, foi por meio de empresas ligadas ao grupo.

RICARDO BRITO, Agência Estado

12 de junho de 2012 | 13h52

Perillo fez questão de minimizar a influência da empreiteira no Estado. A Delta detém, disse, apenas 4% dos contratos em Goiás. Segundo ele, a Delta recebeu R$ 14 milhões no ano passado e R$ 4 milhões, este ano.

O governador disse que jamais houve qualquer direcionamento do seu governo à empreiteira. Disse também que o ex-vereador Wladimir Garcez (PSDB), contratado pela Delta no Estado, não lhe fez qualquer pedido em favor da empresa. Perillo disse, porém, ter sabido que Garcez esteve com pessoas do seu governo, tratando de interesses da Delta. "Não há um ato do governo, que não seja absolutamente regular", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
CPICachoeiraDelta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.