Perillo critica comportamento de Serra com Tasso

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), criticou nesta quinta-feira o comportamento do ministro da Saúde e pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, em relação ao governador do Ceará, Tasso Jereissati (PSDB).Perillo cobrou de Serra um ?gesto mais concreto? de reconhecimento em direção a Tasso e disse que o ministro ?precisa aprender a conviver com a necessidade de fazer um gesto a pessoas que merecem?.Perillo inaugurou, ao lado do presidente Fernando Henrique Cardoso, um Centro Integrado de Operações Policiais em Cidade Ocidental, a cerca de 35 quilômetros de Brasília. Ele condenou o comportamento de Serra ao ser indagado sobre a atitude do governador cearense, que tem dado demonstrações dúbias sobre sua disposição de apoiar a candidatura presidencial tucana.Aspirante a candidato do PSDB à Presidência, Tasso retirou seu nome em favor de Serra, ao perceber que era este o desejo de Fernando Henrique e que o ministro tinha também mais densidade dentro do partido. Mas, na semana passada, disse que o PSDB deveria abrir mão, se necessário, de indicar o nome do candidato a presidente, numa eventual aliança com o PFL da governadora e presidenciável Roseana Sarney, com quem já manteve longas conversas após desistir de sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto.?Falta um gesto mais concreto do nosso ministro e candidato em direção ao governador?, cobrou Perillo, lembrando que Tasso é um dos líderes nacionais e fundadores do PSDB. De 1991 a 1994, o cearense foi o presidente nacional da legenda. ?Não é gesto de paparicação, é de reconhecimento?, disse Perillo.A assessoria de imprensa de Serra foi procurada pelo Estado no fim da tarde, mas informou não ter localizado o ministro para comentar as declarações do governador de Goiás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.