Péres pede cassação de Calheiros no Conselho de Ética

O senador Jefferson Péres (PDT-AM), relator da representação de número três contra o presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pediu hoje, no Conselho de Ética, a cassação do mandato do peemedebista por quebra de decoro parlamentar. Nessa representação, Calheiros é acusado de ter utilizado "laranjas" - falsos proprietários - na compra de um jornal e duas emissoras de rádio em Alagoas em sociedade com o usineiro e ex-deputado João Lyra. Péres apresentou sete indícios de violação do decoro para pedir a cassação do presidente licenciado da Casa.Antes de Péres, o relator da segunda representação contra Calheiros, senador João Pedro (PT-AM), pediu o arquivamento do processo no qual o presidente licenciado do Senado era acusado de ter agido na Receita Federal e no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em favor da cervejaria Schincariol. O arquivamento da segunda representação foi aprovado por nove votos favoráveis e cinco abstenções, todas de parlamentares do PSDB e do DEM.

ANA PAULA SCINOCCA E ROSA COSTA, Agencia Estado

14 de novembro de 2007 | 17h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.