Perdi um grande amigo, afirma Dilma sobre morte de Thomaz Bastos

Perdi um grande amigo, afirma Dilma sobre morte de Thomaz Bastos

Em nota, presidente diz que ex-ministro da Justiça era 'defensor intransigente do direito de defesa'

Rafael Moraes Moura , O Estado de S. Paulo

20 de novembro de 2014 | 10h44


Brasília - A presidente Dilma Rousseff lamentou a morte do ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, na manhã desta quinta-feira, aos 79 anos, em São Paulo. Em nota, a presidente destacou a atuação do criminalista, a quem classificou como "um grande amigo", à frente do ministério.

"O País perdeu um grande homem, o Direito brasileiro perdeu um renomado advogado e eu perdi um grande amigo", disse a presidente, em nota encaminhada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

A presidente deve viajar ainda nesta quinta a São Paulo para participar do velório de Thomaz Bastos. O horário ainda não foi definido, mas a agenda de Dilma programada para esta manhã segue mantida. A presidente participa às 11h, em Brasília, da Conferência Nacional de Educação.

Em nota, Dilma afirmou que Thomaz Bastos "era um defensor intransigente do direito de defesa e considerava o exercício da advocacia um pilar da sociedade livre".

Dilma destacou que, como ministro da Justiça, Thomaz Bastos foi responsável "por avanços institucionais, como a reestruturação que ampliou autonomia à Polícia Federal, a aprovação da emenda constitucional da reforma do Poder Judiciário e o Estatuto do Desarmamento". O criminalista foi ministro entre 2003 e 2007, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Quem teve o privilégio de conviver com ele, como eu tive, conheceu também um amigo espirituoso, de caráter e lealdade ímpares. A seus familiares, amigos, alunos e admiradores, meus sentimentos nessa hora de dor", afirmou a presidente.

Tudo o que sabemos sobre:
Márcio Thomaz Bastos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.