Perda para União este ano já supera R$ 1 bilhão

A tão promissora receita de royalties do petróleo, que até o ano passado também parecia ser uma mina de ouro para o governo federal, está evaporando. Depois de um ano de vertiginoso crescimento (2008), quando atingiu R$ 22,5 bilhões, os royalties despencaram. Nos dois primeiros meses de 2009, o Tesouro arrecadou R$ 3,1 bilhões, ante R$ 4,1 bilhões no mesmo período do ano passado. Se a queda de 24% em relação a 2008 parece assustadora, na comparação com o programado no Orçamento o buraco é ainda maior.Os parlamentares aprovaram uma previsão de receita de R$ 24,9 bilhões com os royalties do petróleo em 2009, mas no ritmo atual o governo só vai obter R$ 14 bilhões, 44% a menos. Ou seja, apenas nesse item da receita, a perda é de mais de R$ 10 bilhões.O principal problema do governo é que as despesas do Orçamento foram programadas prevendo essa arrecadação, que não vai ocorrer. Somando a frustração de todos os impostos, a conta chega a R$ 50 bilhões, mas o governo pode optar por "esconder" essa perda ao divulgar suas novas estimativas de arrecadação no dia 20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.